Ama Seu Filho? Não dê DOCES!

Ama Seu Filho? Não dê DOCES!
4.6 (91.2%) 25 votes

Comer açúcar é desnecessário para a saúde do organismo humano, sejam crianças, jovens, adultos ou idosos, de acordo com os médicos

Quatro ou cinco colheres de chá: essa é a quantidade aproximada de açúcar que a AHA (American Heart Association) recomenda que as crianças ingiram por dia.

Parece pouco diante de tantos chocolates, balas, biscoitos, refrigerantes e outras guloseimas que estão no armário de casa ao alcance de seus filhos?

Então, é melhor rever os hábitos alimentares da  família.

O consumo excessivo de açúcar tem a ver com o desenvolvimento de cáries e o ganho peso (que aumenta a chance de diabetes e de doenças cardiovasculares), por exemplo.

Mas, além disso, comer açúcar é desnecessário para a saúde, independentemente da idade.

Desnecessário, mas, ao mesmo tempo, irresistível.

Então, como fazer para encontrar o equilíbrio no dia a dia? É difícil e exige disciplina e, às vezes, pulso firme.

Desde que nasce, o organismo do homem tem preferência por alimentos com sabor doce, por isso, é preciso controlar não só a quantidade de açúcar que seu filho come, mas, também, o tipo.

Os açúcares são classificados em livre (presente em frutas e vegetais) e simples (usado principalmente em produtos industrializados).

Ambos são considerados carboidratos simples e, ao lado do grupo dos complexos (amidos) e das fibras alimentares, formam o grande grupo dos carboidratos.

doce-crianca-receitas-saudaveis

Os carboidratos são importantes, afinal eles são fonte de energia para o corpo.

Porém, para uma alimentação ser considerada saudável, os açúcares simples são dispensáveis, isso é, apenas com os açucares que você encontra nas frutas e vegetais, já será o suficiente para seu filho!!

De forma geral, todos os grupos de alimentos, exceto as carnes, os óleos, as gorduras e o sal, possuem carboidratos.

Até os dois anos de idade, o recomendável é não dar açúcar nenhum para a criança. Isso porque, até esse período, elas estão formando os hábitos alimentares que, na maioria dos casos, acompanharão a pessoa para a vida toda.

O melhor é sempre optar por alimentos in natura. Isso significa uma mesa farta em frutas, sem refrigerantes, doces, gelatinas, achocolatados ou sucos em pó.

Algumas pessoas podem argumentar “Ah, mas a criança gosta! Deixa ela aproveitar!“, na verdade, criança só gostou porque deram a ela!

Se você der outros 10 tipos de alimentos saudáveis, pode ter certeza que ela irá preferir uns 2 ou 3 como os MELHORES e, então, esses serão os alimentos que ela vai gostar!

Com mãe, confesso que abro exceções e as vezes concedo doce ao meu filho!

Em certos momentos porque um avô ou parente trouxe com as melhores das intenções e não quero magoá-lo!

Outras, porque de alguma forma ele viu, e não consigo negar depois!

Mas todas as vezes, fico com um sentimento interno muito ruim, pois sei que apesar de sua cara feliz, no fundo, estou intoxicando meu filho!

Tendo me redimir nos dias seguintes fazendo apenas  comidas e lanches saudáveis!

Mas no fundo, eu sei que:

“Se você ama seu filho, você NUNCA deve dar ALIMENTOS RUINS com o intuito de vê-lo feliz porque ele gosta, mas sim CRIE HÁBITOS SAUDÁVEIS para uma VIDA TODA e o ensine a gostar de alimentos que REALMENTE irão nutri-lo e irão FORTALECER sua saúde e BLINDAR contra doenças!”

 

Quer saber mais sobre o assunto?

Acesse agora esse link e descubra a Causa das Viroses e os Segredos de Como Ter Um Filho Super Saudável!

mae-filho

Roberta Alves