8 Táticas Fáceis Para Não Gritar Com Seus Filhos

8 Táticas Fáceis Para Não Gritar Com Seus Filhos
5 (100%) 1 vote

Eu tinha chegado ao meu limite. Meu filho de 2 anos tinha finalmente acabado com minha paciência.

Foi um dia terrível, a partir do momento em que ele se esperneava para guardar seus brinquedos até a segunda vez que ele saiu chutando os móveis.

Todos nós temos dias em que queremos vender nossos filhos ao zoológico (meu filho certamente se encaixaria muito bem lá). No entanto, eu odeio gritar.

Gostaria de dizer que é porque eu sei que gritaria é ruim para as pequenas e doces almas dos nossos filhos, mas eu odeio gritar porque me faz sentir como uma mãe ruim.

Há uma maneira melhor. Na verdade, eu vou sugerir 8 maneiras melhores. Aqui estão 8 coisas que você pode fazer na próxima vez em que você perder a calma com seus filhos – sem gritaria.

      1. Cumprir o Prometido

Quando você diz Se você fizer isso mais uma vez… mais vezes do que você pode contar, é hora de cumprir o prometido e impor as consequências, mesmo que isso crie mais trabalho para você.

      2. Colocar-se No Lugar Do Filho

Tenha um pouco de empatia e veja o mundo do ponto de vista de seu filho. Ele provavelmente está tendo um dia ruim também.

       3. Perguntar

Faça perguntas aos seus filhos sobre seu comportamento. Veja se eles conseguem identificar uma forma melhor de se comportar no futuro.

      4. Respirar

Encha os pulmões profundamente e faça algumas respirações purificadoras. Levar oxigênio para o cérebro permite pensar mais claramente.

     5. Contar Até 10

Parece bobo, mas este truque diminui seu ritmo cardiaco e você consegue pensar mais claramente.

      6. Ouvir

Antes de designar um castigo, pergunte ao seu filho o seu lado da história e ouça de verdade a sua resposta. Isso pode lhe suavizar.

      7. Sair De Casa

Ar fresco faz bem a você e seus filhos. Uma caminhada pode ser a diferença entre um dia desastroso e um agradável.

     8. Investir No Seu Conhecimento Como Mãe

Você Se Sente Culpada Pelo Seu Comportamento Após Uma Crise de Birras do Seu Filho? Eu também me sentia assim e sei como dói no coração de uma mãe esse sentimento, indico muito a leitura do Livro “Como Educar E Acabar Com As Birras em 15 Dias”.  Após a leitura desse livro me senti hiper segura em minhas decisões, meu filho de 2 anos está me respeitando como nunca.

Veja também:

Como Cérebro Funciona Durante a Birra

Como Educar Os Filhos e Colocar Limites

Deixe Seu Comentário